Missão

As pessoas inventam jogos desde o início dos tempos. Toda cultura tem seus próprios jogos de tabuleiro que refletem sua visão do mundo. Alguns jogos tem origem a milhares de anos – como xadrez, Go, Kalaha…

Mas nossa visão do mundo mudou, assim como nossa compreensão do corpo e da mente humana. Por anos, estudamos essas mudanças antes de usar essas novas descobertas para criar um jogo lógico verdadeiramente revolucionário, o CTOR (Cellular torus).

Um campo de jogo incomum “sem fronteiras”, regras que permitem jogar sem um adversário ou em equipes, um número ilimitado de níveis e estratégias tornam nosso jogo um pouco mais difícil que os jogos de tabuleiro clássicos, que tem perdido há muito tempo para os algoritmos de computador agora.

Estamos convencidos de que o CTOR pode afirmar ser o jogo do milênio e substituir com sucesso os jogos clássicos tradicionais, tornando-se o fenômeno do século XXI.

Não estamos afirmando que nosso jogo deve ser uma nova ferramenta de medição de QI ou uma rede social com milhares de jogadores em uma única equipe (as regras do jogo permitem isso!), mas nos esforçaremos para fazer isso acontecer.

Estamos publicando as regras do jogo CTOR neste site para distribuição gratuita. O futuro de nossa invenção está em suas mãos!

Dr. Bronn
Denia, Espanha, agosto de 2019

“Dear Dr. Bronn, thank you very much for a copy of your CTOR game. I find it very helpful in terms of popularization of mathematical biology and development of a player’s thinking process on different levels of the game’s rules. I am sure this can be a very interesting article in our magazine.”

Alexander Dewdney, Former editor “Scientific American” , 1998

“I know Dr. Bronn for many years, and I am amazed at his perseverance and determination and his efforts directed to the development of CTOR, whose perspectives go far beyond a simple game; CTOR is rather a very interesting and exciting tool for the development, implementation and analysis of different systems of individual and collective thinking. No one knows how this story will end, but it’s always worth trying something new, especially if this new is produced by your brains.

Ilya A. Rybak, PhD, Professor of Neuroscience, Drexel University, Philadelphia, USA, 2018

‘Dear Vladimir, your game is wonderful, and it has good prospects. I wish you success and hope you will make it!’

Erno Rubik, Creator of the Rubik's Cube, 1989

“You can actually feel yourself getting smarter as you play this game. You can have numerous ‘Aha’ moments and it’s like you begin to recognize how you think, learn and process new information.”

Barry Spilchuk – Toronto - Coauthor – A Cup of Chicken Soup for the Soul., 2018

“CTOR game has no doubt a strong future ahead. The game has incredible research potential across numerous fields, from education to organizational behaviour to mental health” –

Raoul Hendriks (Former consultant - Accenture, China), 2018

“Brain study is one of the biggest challenges of our days. CTOR, a game based on deep understanding of human thinking processes, combines simple behavioral patterns of living organisms and complex decision-making processes within communities. Game strategies in this game are much more diverse than those of traditional strategy games like chess or go.”

Eduard Proydakov, Former Chief editor PC Week RE, 1989

Apresentação oficial do jogo na América do Norte, no dia 4 de dezembro de 2018 em Toronto (Canadá).

Primeira competição oficial (dezembro de 2018) com equipes do Canadá, Rússia, Ucrânia e Cazaquistão.